[Florianópolis-SC] Desenvolvedor(a) Back-end Sênior [BYNE]

A BYNE, uma startup focada em melhorar a eficiência e segurança dos centros de operações, busca Desenvolvedor(a) Back-end Python Sênior para atuar no nosso escritório em Florianópolis.

Somos uma empresa jovem, com grande possibilidade de crescimento, desenvolvemos uma plataforma integrada voltada para o mercado de comunicação crítica, nas verticais de Elétrica, Óleo & Gás, transportes e financeira e possuímos clientes distribuídos por todo o território nacional, como Itaipu, Petrobras, Copel e Modal.

Nossa solução é utilizada por clientes em atividades importantes e em momentos de crise, quando dependem dele para se comunicar, fazer negócios ou resolver situações emergenciais. Por isso esperam uma interface simples, intuitiva e funcional.

O que você realizará:

👉Contribuir com boas práticas no desenvolvimento de aplicações modulares e participar das discussões relacionadas a arquitetura, desenvolvimento e testes 👉Participar ativamente na construção de uma arquitetura simplificada e escalável 👉Contribuir na construção de uma base de código simples, test-backed e reutilizável 👉Criação de testes, automações e configuração de ferramentas para integração contínua

O que esperamos de você:

👉Experiência em desenvolvimento de código Python 👉Gostar de criar códigos simples e legíveis suportados por testes unitários e de integração 👉Vivência no desenvolvimento de aplicações SAAS 👉Experiência com programação assíncrona: asyncio e Twisted 👉Experiência no uso de message brokers: NATS ou RabbitMQ 👉Familiaridade com software design patterns e architectural design patterns para serviços: client-server, event sourcing, MVC, etc.

O que oferecemos:

👉 Remuneração Compatível com o mercado: CLT ou PJ 👉 Benefícios 👉 Ambiente descontraído com oportunidade desenvolvimento

Se interessou na nossa oportunidade? Não perca essa oportunidade 😉😉😉

Envie seu perfil recrutamento@rtm.net.br ou aplique-se nesse link: https://angel.co/l/2sPYK5

Fonte: https://github.com/backend-br/vagas/issues/2549